An occasionally irregular blog about orthodontics

O que é mais rápido para o fechamento de espaços na Ortodontia? As molas de Ni-Ti ou as cadeias elásticas?

By on January 22, 2018 in Portuguese with 0 Comments
O que é mais rápido para o fechamento de espaços na Ortodontia? As molas de Ni-Ti ou as cadeias elásticas?

 

Os ortodontistas que ainda fazem o diagnóstico da má-oclusão e extraem dentes vão querer saber qual é o melhor método de aplicação de força para mecânicas de deslize. Essa revisão sistemática nos dá a resposta.

Vários estudos têm sido feitos para ajudar a responder essa questão. Um grupo de autores da Escócia e da Austrália fez uma revisão sistemática para agrupar os resultados de estudos sobre o tema.

Effectiveness of nickel-titanium springs vs elastomeric chains in orthodontic space closure: A systematic review and meta-analysis

  1. Mohammed et al

Orthod Craniofac Res. 2017;1–8. DOI: 10.1111/ocr.12210

Eles responderam a seguinte questão:

“Quão efetivas são as molas de Ni-Ti e as correntes elásticas no fechamento de espaço na Ortodontia?”

O que eles fizeram?

Eles conduziram uma revisão sistemática padrão. A PICO foi:

População: Pacientes ortodônticos de qualquer idade tratados com aparelhos fixos com ligaduras convencionais e necessitando de fechamento de espaços por conta da extração dos pré-molares;

Intervenção: Fechamento de espaço com molas de Ni-Ti;

Comparação: Fechamento de espaço com cadeias elásticas;

Desfecho: O desfecho primário foi a taxa de fechamento de espaço.

Eles somente incluíram estudos controlados randomizados feitos em humanos e excluíram todos os outros desenhos de estudo. Eles fizeram uma busca eletrônica padrão sem limitações de idioma. Os vieses foram analisados por meio da ferramenta de risco de viés da Cochrane.

O que eles encontraram?

Eles obtiveram uma amostra final de 4 RCTs para incluir na revisão. Dois deles utilizaram um desenho de boca dividida e dois foram estudos de grupos paralelos. Todos os estudos relataram a taxa de fechamento de espaços por mês.

Quando observaram o risco de viés, um estudo foi considerado de baixo risco, um teve o risco incerto e os outros dois restantes tiveram um alto risco de viés. Eu interpretei tudo isso como se a evidência que podemos obter da revisão tivesse força moderada.

Quando os dados foram incluídos na meta-análise, foi encontrado que o fechamento de espaço com as molas de Ni-Ti foi mais rápido do que com as cadeias elásticas em 0,2 mm/mês (IC 95% 0,12-0,28).

O que eu pensei?

Foi uma revisão sistemática bem conduzida que mostrou diferença estatística entre dois métodos de aplicação de força. Quando interpretamos os dados precisamos considerar alguns fatores importantes.

Em primeiro lugar, a força da evidência foi moderada. Porém, a maioria das revisões sistemáticas relatam este nível de evidência. Nós também precisamos considerar que o risco de oferecer prejuízo com ambas as intervenções é baixo. Assim, eu não estou muito preocupado com os vieses.

Sendo assim, nós precisamos avaliar se a diferença é clinicamente significante. A diferença de 0,2 mm/mês é pequena e eu calculei que se completarmos o fechamento de espaço de um primeiro pré-molar com as molas de Ni-Ti nós ganharíamos um mês. Eu não sei bem se consideraria isso como clinicamente significativo.

Porém, nós ainda precisamos considerar as diferentes propriedades dos dois métodos. Eu acho mais fácil utilizar as molas de Ni-Ti, pois elas não precisam ser ativadas em todas as consultas. Eu não gosto das cadeias elásticas porque elas acumulam placa que tendem a pular na minha cara quando eu as removo. Isso significa que eu prefiro as molas. Existe, é claro, uma diferença no custo, mas eu a aceito pelas vantagens do NiTi.

Conclusão?

Eu acho que os resultados dessa revisão reforçam a minha conduta atual. Eu vou continuar a usar molas Ni-Ti na próxima vez que eu precisar fechar espaços após a “amputação de pré-molares”…

 

Traduzido por Klaus Barretto Lopes

Instrutor de Ortodontia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Brasil

Professor Visitante da Universidade de Manchester, Inglaterra, Reino Unido

 

(Visited 613 times, 1 visits today)

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Top

Pin It on Pinterest